Uma ferramenta para te ajudar a descrobrir mais sobre empreendedorismo: GestorBOX

Quero aprender a empreender! Como faço?
  1. Você pode ter uma ideia (ou várias), juntar uma equipe, gastar uma grana (ou muita grana) e muito esforço, errar muito, errar mais ainda, acertar e repetir esse processo quantas vezes for necessário;
  2. Procurar vídeos, livros, textos, aulas, perguntar a amigos e estudar exaustivamente até se sentir confortável para entrar no mercado.
No caminho da vida algumas coisas que eu descobri tentando ser empreendedor: não tem caminho fácil, não tem receita de bolo, casos de sucesso tem um contexto e momento, ou seja, algo que deu certo com alguém não quer dizer que vai dar certo em qualquer lugar, menos ainda com você. Teorizar demais ou ir para prática sem nenhum conhecimento, não são as escolhas mais sábias para um empreendedor iniciante. O ideal é aprender o suficiente para se aventurar e fazer as próprias descobertas aproveitando para aprender no processo, de preferência mais rápido do que a concorrência e os eventuais “imitadores da sua receita de sucesso”. Afinal de contas, se deu certo, alguém vai tentar fazer o mesmo!
“O que tenho observado é que tudo que não for criativo a tendência é ser automatizado.  Logo se transforma em software e/ou máquina.”
Dito isso, os profissionais “do futuro” que estão sendo preparados agora, dentro e fora da escola, terão que ser criativos. Um dos talentos obrigatórios para este tipo de perfil é o uso da imaginação. Olhar para o mundo e poder fazer melhorias, mudanças pequenas ou radicais, dizer que algo estar errado, ver algo diferente das outras pessoas, implementar soluções e tudo isso usando a imaginação e a capacidade de comunicação para coordenar equipes para trazer as abstrações do mundo imaginário para o real de forma inteligível e de preferência que gere receita.
Um instrumento que trabalha muito bem a imaginação, imersão e engajamento é o jogo. Pessoas passam muito tempo jogando! O jogo em si é fruto de muita imaginação de pessoas criativas. Imagine que você pode aprender sobre empreendedorismo, e através de elementos utilizados em jogos (narrativa, feedback, recompensa entre outros) ter experiências lúdicas recheadas de elementos e contexto do mercado empreendedor. Seria algo realmente muito útil mesmo. Tenho uma boa notícia! Uma galera, ao qual faço parte, pensou nisso e botou a mão na massa (no código, no layout …). O resultado desse esforço é o GestorBOX é uma Game-Capacitação (sim, criamos esse conceito) que tem como objetivo dar experiências imaginárias com elementos de jogos (gamificação) para facilitar o entendimento e aprendizado sobre o que é empreendedorismo e como ser um empreendedor.